13 Coisas para se falar sobre 13 Reasons Why.

Por David Zorzin


A nova série da Netflix fez muito sucesso e se tornou um dos assuntos mais comentados pelas redes sociais no último mês. 13 Reasons Why gera muita discusão, seja sobre os temas tratados (suicídio, bullyng, adolescentes babacas) ou sobre a serie em si (roteiro, história, atuação, final). Por isso separei 13 coisas (originalidade) para se falar sobre 13 RW. 

01 – Resumo


Se você não assistiu a serie aqui vai um breve resumo. Hanna (a protagonista) se matou, a escola está comovida, seus pais não fazem a menor ideia do motivo do suicídio, Clay (o protagonista), apaixonado por Hanna, ainda está sofrente, a história começando quando o garoto encontra na frente de sua casa uma caixa com fitas, ao começar a ouvir ele reconhece a voz de Hanna, então a garota da algumas instruções simples:

“Se você está ouvindo essa fita você foi um dos motivos pelo qual eu me matei”

“Ouça as fitas até o final ou alguém de minha confiança divulgará o conteúdo dela a todos” 

“Quando você terminar passe as fitas para o próximo da lista”

E assim começa a saga de Clay, contra tudo e contra todos, descobrindo coisas que seus amigos fizeram com sua amada Hanna e tendo uma crise existencial para decidir o que fazer agora que ele sabe os motivos que a levaram ao suicídio.

02 – Suicídio


A história gira em torno do suicídio da protagonista e deixando toda a “ficção” de lado, é sempre importante tratar de temas desse tipo e de alguma forma ajudar pessoas que possam estar sofrendo com esse transtorno, a mídia agiu muito bem para que a serie pareça uma forma de auxílio a outros adolescentes, mas na verdade essa “ajuda” veio muito mais da mídia já que a serie em si não parece ajudar ninguém a sair dessa situação e sim a colocar um fim nela.



03 – Bullyng


Outro dos temas principais da serie, os pais de Hanna tentam a todo custo provar que a garota sofria algum tipo de bullyng na escola, agora, pelas críticas que vi e também por alguns comentários, me parece que ninguém nunca estudou, porque francamente, o bullyng precisa ser investigado? Não é meio óbvio que toda escola tenha meia dúzia de babacas que faz da vida de muitos alunos um inferno? A história mostra como se fosse algo surpreendente descobrir que existe ofensas, calúnias e difamações no meio escolar.

04 – Esteriótipos


Os esteriótipos marcam presença na série, o garoto rico que age como um filho da puta já que os pais o protegem, o cara que zoa todo mundo porque os pais são filhos da puta com ele, os intelectuais arrogantes que só pensam em si próprios, os psicopatas, as garotas falsas que só pensam em garotos, tudo isso aparece na série, então se você é fã de esteriótipos, aproveite.

05 – Porque a serie é tão boa?


Duas características fazem a serie ser tão boa:

A curiosidade que ela cria, deixando claro no primeiro episódio que para entender a história você tem que assistir até o final, além disso cada episódio revela a história de um personagem diferente e o que ele fez com a Hanna, isso faz com que todo episódio tenha seus momentos marcantes e seja importante pra serie.


O ótimo ritmo criado pela alterações entre as cenas que acontecem em tempo real e os eventos do passado. A serie transita entre a história contada pela Hanna nas fitas e o que o Clay está vivendo no presente. Isso faz a serie ser dinamica, quando você começa a enjoar dos acontecimentos atuais, aparecem as cenas do passado e vice-versa.


06 – Pontos a serem melhorados


O principal ponto a ser melhorado é o final, mas sobre isso vou falar no último item, além disso acho um pouco longo os episódios, apesar de ser um ritmo muito bom, o que é mostrado em 55 minutos poderiam reduzir para 35. Também acho um pouco forçado alguns pontos, como TUDO acontece com a garota, parece uma praga, o item 10 que eu descrevo mais abaixo também é algo que poderia ser mudado. 

07 – Clay é um babaca


Sim, esse cara é muito babaca, primeiro por demorar tanto pra ouvir as fitas, segundo por nunca ter tido coragem de se declarar a Hanna (e talvez salvar sua vida) e por fim, por nunca ter feito nada para ajudá-la, em diversos momentos da serie ele vê seus amigos ofenderem, humilharem e difamarem a garota e ele não faz absolutamente nada. Então realmente, Clay você é um babaca. 




08 – Hanna teve motivos pra se matar?


A pergunta é irônica, se você não assistiu a serie, tudo que pode acontecer de ruim pra uma pessoa aconteceu com ela, numa ordem cronológica:

- Espalharam uma foto dela onde aparecia sua calcinha
- Ganhou fama de vadia
- Perdeu a melhor amiga porque ela achou que a Hanna gostava do seu namorado
- Foi eleita a melhor bunda da escola e com isso vários garotos tentavam agarrá-la
- Espalharam outra foto dela beijando uma garota
- Espalharam um boato que ela era lésbica e curtia um sexo a três
- Foi chamada pra um encontro em que o cara tentou agarrá-la na frente de todo mundo
- Teve um poema secreto revelado pra todos onde ela contava suas intimidades

Até ai tudo bem, agora começa a ficar bom

- Foi cumplice de um acidente de carro que culminou na morte de um de seus amigos
- Viu sua antiga melhor amiga ser extuprada
- Estragou tudo quando FINALMENTE conseguiu ficar com o Clay
- Perdeu uma quantia alta em dinheiro dos seus pais
- Viu seus pais começarem a brigar diaramente
- Foi estuprada
- Quando tentou pedir ajuda ao conselheiro da escola ele não deu atenção

Isso responde a pergunta?

09 – Cenas fortes

Outra discussão sobre a serie é que ela mostra cenas consideradas fortes, como os dois extupros e o ato do suicídio. Houve muita crítica por serem cenas que possam não só incentivar como até “ensinar” alguém a fazer isso.

10 – Forçaram a barra na hora de mostrar a maldadade dos adolescentes

Que tem aluno filho da puta em toda escola eu não tenho dúvidas, mas que são tão babacas assim, não tem como. É um tanto forçado o quanto os personagens secundários da história são ruins, nenhum deles se mostrou sensibilizado com a morte da Hanna e só pensavam em se proteger, o ápice da forçação de barra foi o fato de todos conviverem tranquilamente com um cara que tinha estuprado duas garotas diferentes (uma delas foi a Hanna), sinceramente, é difícil acreditar que todos os jovens envolvidos na história seriam indiferentes a esse acontecimento.



11 – Hanna realmente mentiu em algumas horas?


Quando Clay começa a ouvir as fitas ele descobre o que seus amigos fizeram a Hanna, e sempre que tentava confronta-los a resposta foi a mesma “A Hanna está mentindo”, eu não acreditava muito nisso, até que em uma das fitas, a garota diz que o Zach havia jogado fora um bilhete deixado a ele e depois o garoto mostra que na verdade guardou o bilhete durante todo o tempo, isso cria a dúvida se realmente a protagonista não possa ter inventado ou até mudado alguma parte da história.

12 – Teremos uma continuação?


Da forma que acabou a história é difícil ter uma continuação NESSE enredo, pode haver uma nova história com novos personagens em outro ambiente. Algumas teorias malucas tentam inventar formas da Hanna na verdade estar viva. Acho pouco provável. Também dizem em voltar com a serie para mostrar o desfecho dos personagens, mas isso é conteúdo pra um novo episódio e não uma nova temporada.




13 – Que capítulo final horrível


O último capítulo é muito ruim, parece não fazer parte dos outros 12, segue um ritmo muito fora do padrão, você espera tanto tempo pra ver os personagens envolvidos na história terem uma punição, ou algo do tipo, mas não mostram nada, os pais da Hanna descobrem a verdade de uma forma bem sem graça, não mostram o momento em que eles ouvem as fitas, os outros personagens não demonstram arrependimento, a escola não foi punida, não mostram o que acontece com o estuprador, nada, fica um sentimento de injustiça, que os outros personagens poderiam sofrer um pouco o que a garota sofreu.