Starboy do The Weeknd: O Que faltou para o álbum?


Você provavelmente já não aguenta mais ouvir “Starboy” nas rádios. E se não ouve, as propagandas do Spotify ajudam a te lembrar das musicas. Bom, o lançamento já foi á algum tempo, mas o ultimo álbum do musico The Weeknd trouxe vários hits que permanecem até o momento como sendo um dos mais ouvidos pela galera. Os Hits estão lá, são ótimos, mas como o titulo do artigo sugere, pretendo responder a questão que me surgiu: “O Que falta para Starboy de The Weeknd?”.



O Album, que inicia com a musica titulo, tem uma listagem boa de musicas, mas sendo direto, faltou um pouco de cuidado para a seleção delas e a ordem de inclusão. Quando se tem um material grande e promissor, é difícil descarta-lo. Imagino que ao compor tantas musicas, decidir não usar todas seria uma tarefa difícil. Digo isso por que existem algumas faixas que, em minha opinião, não precisariam estar no disco. Estas seriam: Six Feet Under, Love To Lay, Attention e Nothing Without You. Por quê?

O Disco tem 1h08 minutos, uma longa duração. Isso não é um problema quando um disco não soa repetitivo, mas é justamente esse o problema de “Starboy”. Algumas musicas parecem repetições de ideias que você acabou de ouvir. Considerei que essas musicas que citei as que mais tive esse sentimento. É claro que fica a seu critério considerar que poderiam ser outras, até por que, cito as musicas mas não as considero especificamente o problema. Só acho que melhorariam o  “todo” do disco.

Mas nem tudo é problema!

Lana Del Rey, a Stargirl


Lana Del Rey já faz uma participação na musica Party Monster (minha favorita), participação essa bem sutil. Já aqui em Stargirl (ótimo contraste do nome do album com o nome da faixa), temos algo mais direto. E bota direto nisso! A Musica é bem curta, poderia trazer algo a mais, mas é muito boa. O que me alegra é que ela é quase que um resumo do ponto alto do álbum. Starboy é muito imersivo. Fica claro que a produção não foi pouca, e temos uma mistura de um pouco de tudo para chegar neste resultado.

Daft Punk


E falando em produção, Daft Punk está por trás dela. Chega até a assinar duas musicas: A Própria Starboy e I Feel It Coming, ultima faixa. A faixa titulo pouco trás da dupla em sua composição. Já a ultima faixa é totalmente o Daft Punk que estamos acostumados, e que ouvimos em Get Lucky do Pharrell Williams. É como se a primeira musica soasse como uma musica de The Weeknd com a participação do Daft Punk, e a ultima, o contrário.

Ao final, apesar dos problemas citados, permanece como uma ótima pedida aos amantes da musica pop. The Weeknd é um jovem muito talentoso, e apesar de esse ser seu álbum mais “comercial”, nada do que o rapaz é capaz de mostrar fica estagnado. Só falto mesmo dosar o que mostrar.