A 10ª Temporada de Doctor Who vem ai! e Adeus Capaldi.


Conheci Doctor Who por comentários de amigos na época do especial de 50 anos, em 2013. A Série britanica, hoje de grande sucesso em todo mundo, já existia desde a década de 60, com o total de 12 atores a interpretarem versões diferentes do personagem. Apesar de já ser familiarizado com esse conceito por se fã de James Bond, nunca havia me interessado em vê-la. Eis que no inicio de 2016, dei inicio a série por alguns episódios paralelos e logo em seguida acompanhei cronologicamente desde a primeira temporada (2005, no retorno da série), com Christopher Eccleston.

Foi um período de 1 ano para chegar até o final da 9ª temporada. Demorei bastante, confesso. Ao chegar ao final da nona, agora já pronto para a décima, ultima de Peter Capaldi no papel do 12º, percebo o quanto essa série consegue abrangir e se renovar. O Conceito de Louco com uma caixa e sua companheira viajando pelo espaço e tempo, consegue abranger todos os gêneros, e consequentemente, emocionar em muitos deles. Pessoalmente posso dizer que nunca achei que poderia me interessar tanto por uma série, até por que, nunca tive o habito de ver muitas.


A 10ª Temporada está próxima. Peter Capaldi, desde sua primeira temporada, demonstrou extremo carisma e deixará saudade. Recentemente o ator deu uma declaração sobre sua saída. Falou sobre permanecer muito tempo no personagem, e o quão mal isso pode fazer a um ator.

"Essa é uma das razões pelas quais vou embora. Porque com este volume de trabalho, é difícil procurar constantemente novas maneiras de atuar dentro da série. Mas em Doctor Who isso é estranho porque eu o amo muito tudo isso. Parte de mim gosta de fazer a mesma coisa, enquanto parte de mim quer desafios diferentes. É algo terrível, no momento em que você começa o trabalho, você sabe que um dia você vai ter que deixá-lo. Assim que me tornei o Doutor, imediatamente empurrei minha mente para este lugar. Mas está tudo bem. Eu nunca fiz nada por três ou quatro anos, não é meu estilo."

Com a noticia da saída de Capaldi, não faltam expeculações sobre quem poderá substitui-lo. Independente da etnia ou gênero, a série sempre demonstrou maturidade para mudanças e quebras de tabu. E a renovação que citei permite que ela nos surpreenda sempre. Lembrando inclusive que Steven Moffat, atual showrunner (produtor principal), também está de saída. Então, o futuro de Doctor Who é incerto. Tudo pode mudar. Mas enquanto isso não acontece, Capaldi está ai para a sua ultima temporada. E que ela feche sua era em grande estilo!