Por Trás da Mídia #3: O fim dos aviõezinhos?


Salve pessoas lindas da internet! Começando mais uma edição do Por Trás da Mídia e nessa edição vim falar da emissora mais fofa da TV brasileira, do canal mais família que por sinal é minha emissora preferida. Estou falando do SBT e como é impossível falar do canal sem falar do homem do baú, vamos também debater um pouco sobre Sílvio Santos, o maior comunicador de todos os tempos.

Estava eu na minha aula de políticas de comunicação (tema do próximo texto) quando meu professor citou o monopólio das grandes organizações no mercado comunicacional brasileiro, eis que me surgiu uma dúvida e após uma grande reflexão cheguei a uma teoria que queria discutir com vocês, estaria o SBT chegando ao fim?


O QUE? COMO ASSIM? SELOCO CACHORRERA?

Não foi do acaso que eu pensei nisso. Levei em conta vários fatores para chegar a essa conclusão e claro que vou mostrar pra vocês, deixando claro logo no começo do texto que obviamente essa suposição é muito exagerada, mas tem um fundo de sentido. Vamos começar a analisar as coisas.


O SBT não expandiu seu poder na TV, isso é um fato. O SBT tem o seu canal principal e o resto são redes coligadas, filiais ou emissoras do interior que foram compradas pelo SBT produzindo um pouco de conteúdo local, mas a emissora do tio Silvio não tem nada além disso. Vamos fazer uma singela comparação com as outras três grandes emissoras brasileiras. 

Começando pela Rede Globo, na imagem abaixo podemos ver o pequeno império formado pela família Marinho, são diversos canais pertencentes ao grupo Globosat, conteúdo diversificado, maior público, mais audiência e lucro, a Globo investiu pesado nisso e hoje conta com canais de esporte (lembrando que no momento tempos TRÊS Sportvs no ar), notícias, filmes, entretenimento, família, enfim, um verdadeiro império comunicacional.


Passando agora para a Band, longe de ter o poder da Globo mas a emissora já consegue ao menos trazer dois canais com conteúdo exclusivo para determinado público, um canal de esportes e um de notícias (muito bom por sinal o Band News). A Band mostra que esta atenta ao novo público que está exigente e cada vez mais vem buscando conteúdo exclusivo daquilo que o interessa.
E agora falar da Record, que fez uma aposta arriscada mas que deu bons resultados, a Record trouxe ao ar outro canal em rede aberta, a Record News. Com um conteúdo voltado para a parte de informação e entretenimento o canal foi uma boa aposta do bispo que também mostra seu interesse em aumentar seu público e também suas finanças.

Ok, o SBT não tem nenhuma outra emissora e não mostra interesse em ter, mas isso significa que a emissora vai terminar? Não, calma meus queridos, estou apenas começando. Vamos por partes. Vamos falar agora um pouco sobre a programação do SBT.


(grade de programação do SBT no dia 01/06/2015)


Começando temos desenho, e QUANTO desenho, até as 13h30. Algo fácil de transmitir (só comprar os direitos de exibição), Band, Record e Globo tem programas de entretenimento neste horário (Dia a Dia, Hoje em Dia e Encontro, respectivamente). 

Avançando pra parte da tarde, As Visões da Raven, outro programa comprado, Casos de Família (bléh). Ai chega a parte da tarde. A quanto tempo o SBT transmite novela mexicana durante a tarde? 5 anos? 10 anos? Se não bastasse ser o mesmo conteúdo ainda passam a mesma novela. Eu vi a Usurpadora quando tinha 5 anos e nessa época já devia ser o segundo ou terceiro reprise, hoje tenho 20 e a novela continua, será que não chegou a hora de inovar um pouco?

O que falar do Chaves então? Muda o dia, muda o horário, mas está ali. Eu não reclamo, mas sei lá, se encaixa no mesmo conceito do de cima. Ai chegamos nas novelas do SBT, uma é uma reprodução da novela que já foi criada a 15 anos atrás e a outra é a retransmissão de uma novela que não faz nem 2 anos que terminou, será que não ta na hora de fazer uma novela própria (sdds Esmeralda e Canavial de Paixões)?

Ratinho, a 500 anos no SBT com o mesmo estilo de programa. Ai o único horário que se salva, Maquina da Fama, uma produção própria, nunca assisti mas pelo menos é algo que custou um pouco pra ser produzido. Só espero que não tenha os mesmos 4 jurados do Ídolos avaliando. 

Danilo Gentili, a única contratação do SBT nos últimos anos? Não me lembro de um outro nome de peso que a emissora tenha trazido ultimamente. Depois temos mais jornal e Otavio Mesquita, a 510 anos na TV, deve ser a 100ª passagem pela emissora e no mesmo estilo de programa que sempre apresentou.

Tem gente que gosta da programação, mas até os mais apaixonados pela emissora devem concordar que está na hora de mudar um pouco. Parece que o SBT não quer gastar com coisas novas, não trás novos apresentadores, não inova, não busca coisas novas. O trio Eliana, Ratinho e Celso Portioli continuam na emissora a quanto tempo? Talvez esteja na hora de repensar um pouco a programação.

Ok, tempo pra respirar. 

Falamos até agora de canais alternativos que a maioria das emissoras têm e o SBT não e falamos da programação que o SBT custa renovar, mas isso mostra o fim do SBT? Calma tem mais coisa.

Eu já falei dos canais alternativos das grandes emissoras, mas o grande barato é que as outras três grandes da TV não se prendem apenas na TV, ou vocês se esqueceram dessas marcas abaixo:



A globo tem uma forte emissora de rádio e um jornal impresso muito popular, a rádio bandeirantes é talvez a emissora mais conhecida do país, sem contar a Band FM. E a Record além de uma emissora de rádio conta com uma igreja.

OPAAAAAAAAA, qual a relação das coisas? 

Uma igreja atrai milhões de pessoas, não deixa de ser uma fonte de comunicação muito forte, não podemos deixar de lado o poder que a Universal tem no Brasil e o quanto o bispo pode usufruir dela.

E o SBT? Sem rádio ou jornal impresso, fica restrito a Jequiti e a Tele Sena. 

Mas e aí? O SBT acabou? Antes de chegar ao fim do texto vou colocar mais alguns tópicos simples para discussão. 

- O SBT não tem direito de transmissão de nenhum esporte, globo e band mandam no futebol e a record tem grande parte do direito das olimpíadas.


- O SBT não investe em produções fora do país, a globo vai fazer filmagem na Índia, em uma caralhada de país longe, a band faz diversas reportagens fora do país, a record idem e o SBT continua na mesmice.


- O SBT não contrata novos profissionais, a Band a alguns anos quase quebrou a RedeTV trazendo o panico, a Record trouxe o Gugu, a Globo ta trazendo gente da internet fora a Tata Werneck e o Adnet que vieram da MTV, o SBT não procura novos profissionais e parece que vai manter a base Eliana/Ratinho/Celso Portioli por um bom tempo.


- O SBT não renova sua programação, a RedeTV começou esse mês um programa de games super bacana, as demais emissoras sempre trazendo coisa nova, mas o SBT insiste na Maria do Bairro e no Chaves de sempre.

E o SBT vai acabar? O SBT não vai acabar enquanto houver UM programa no ar, simplesmente o melhor programa da TV brasileira, o Programa Silvio Santos. Esse senhor de 84 anos é o cara que mais admiro na TV, ele consegue segurar um programa de quase 5 horas praticamente sozinho, sem muitos quadros ou atrações e o programa É MUITO BOM. Esse senhor nasceu com o dom de entreter e comunicar e enquanto ele estiver no ar o SBT continuará vivo.
(imagem fofa demais)

Maaaaaaaaaas, um dia ele irá infelizmente morrer, já são 84 anos e ninguém é eterno, espero muito que esse dia demore para chegar, mas quando chegar, o que será do SBT? Será que seus filhos terão o mesmo interesse que ele tem de continuar a emissora? Será que o SBT finalmente irá se renovar?

A realidade do SBT é muito diferente das outras emissoras, enquanto as outras emissoras estão preocupadas em expandir seus lucros, seu público, sua oferta, o SBT parece se preocupar em continuar sendo a TV da família brasileira, o grande problema é que hoje SBT = Silvio Santos, a emissora gira em torno dele, o que acontecerá então quando chegar o grande dia?

Fica a critério de vocês pensarem no futuro da emissora. 

Sem resumo hoje, o texto é longo mas espero de coração que vocês gostem, vou ficando por aqui, critique, comente, compartilhe, discorde, sinta-se livre para tudo isso. Lembrando que o assunto do próximo texto são ''Políticas de Comunicação no Brasil'' e até a próxima edição.
-

Olá, me chamo David Zorzin, tenho 20, estou cursando Comunicação Social com ênfase em Jornalismo e pretendo me especializar em convergência do conteúdo televisivo para a Internet.


Acompanhe Nossas Redes Sociais: Twitter, Facebook, Instagram, Orkut (NOT), Filmow. Ah, e deixe seu comentário!