4 Comédias Românticas Até para os Solteiros


Aproveitando o intervalo do trabalho \o/ resolvi reunir nesse artigo 4 comédias românticas para os apaixonados, solteiros, e qualquer ser humano com polegar polegar opositor. Esse post não é um TOP, mas sim uma seleção especial. Todos esses filmes conseguem ultrapassar o nível de uma simples comédia romântica e divertem até os mais virgões.


Harry e Sally - Feitos um Para o Outro


Resolvi iniciar o post com esse filme pois foi um dos pioneiros em comédias românticas. Mas, mesmo iniciando toda essa leva de filmes que você é obrigado a ver com sua namorada (isso se você tiver) tem uma abordagem bem diferenciada. Harry e Sally são realmente feitos um para o outro (o sub-título brasileiro não errou) mas até eles descobrirem isso, leva tempo...e nessa, nós nos divertimos com uma comédia que serve não só para os casais, mas até pro cara de cueca deitado no sofá. Clássico dos anos 80 e com uma das cenas mais memoráveis:




Bill Murray e Scarlett Johansson? Filme Romântico? De forma alguma! Em meio a um pais com costumes completamente diferenciados, os dois (Murray um ator trabalhando em comerciais, e Scarlett acompanhando seu marido fotografo) resolvem sair de seus quartos de hotel para se divertir da maneira como podem. Encontros e Desencontros não é sobre paixão, mas sobre Conexão em duas pessoas. Que não deixa de ser uma forma de amor, correto?

Singles - Vida de Solteiro


Certa vez ouvi a definição desse filme como "O Amor e o Grunge". Bom, até podemos considerar que aqui falamos de amor, mas não aquele amor meloso, até por que estamos falando sobre a Seattle do começo dos anos 90. Singles (ou Vida de solteiro, como ficou conhecido aqui) conta a história de alguns jovens adultos de Seattle, entre seus 20 anos, em meio a shows de bandas da época como Pearl Jam e Alice in Chains. Um retrato perfeito da época, e de conflitos amorosos. E A trilha, pra quem curte a musica de Seattle anos 90, é ótima!




No inicio de 500 Dias como Ela temos um aviso: "Essa não é uma história de amor!". E não é mesmo! Ele é um filme que inverte tudo de uma comédia romântica e retrata com realismo um fim de um relacionamento. Como afirmei no começo do post, a intenção não era fazer um Top, mas se fizesse, esse estaria na frente. Maldita Summer...

Acompanhe Nossas Redes Sociais: Twitter, Facebook, Instagram, Orkut (NOT), Filmow. Ah, e deixe seu comentário!