Marvel- Demolidor- Review Completo (Ep por Ep)- Parte 1






A muito tempo estou ensaiando para escrever aqui, este antro de perdição, e como até agora não tinha um tema que realmente me levasse a tal ato, tudo ficava só no ensaio mesmo. Até agora.

Dia 10/04/2015 (hoje se tudo ajudar, no máximo ontem) estreio no Netflix a tão esperada série do Demolidor, esta que é a primeira de um projeto que busca trazer o Universo Audio Visual da Marvel a um patamar mais sombrio e violento, trazendo os tão queridos heróis urbanos da mesma a tela. Além desta teremos também uma séries do Punho de Aço, Jessica Jones e Luke Cage, contando também com uma futura minissérie dos Defensores (Grupo que conta com as quatro personagens anteriormente citadas).

Quanto aos reviews, sairão em 7 partes, sendo que cada um terá 2 Ep's e o ultimo sera somente falando do Season Finale e impressões gerais deste babaca que aqui digita. Por fim, espero que a série não decepcione e que eu acabe de escrever isso aqui feliz feito um pato azul que voa longe.

S01E01- INTO THE RING


  • Roterista: Drew Goddard
  • Diretor:Phill Abraham
  • Produtor: Drew Goddard
Temos neste primeiro episodio uma breve introdução da origem de Matt, nada exagerado mas passando bem o desespero tanto dele quanto de seu pai ao perceber a cegueira com a qual o filho teria de conviver. Após isso temos um salto temporal para o já adulto Murdock indo confessar-se ao padre, o que já mostra seu lado religioso (sempre explorado nos quadrinhos) e também da a oportunidade de desenvolver mais o conceito do que viria a ser o Demolidor e também um pouco da personalidade do próprio Matt, sua raiva e suas inspirações, que no caso advêm de seu pai.

A primeira cena de luta é muito bem coreografada, dando demonstrações das habilidades sensoriais super avançadas do "ainda não Demolidor". Acalentado pelo visual escuro e noir da série, temos uma briga desesperada e visceral, em que vemos um estilo de luta feroz de luta, feroz porem não intocável, ele de fato apanha muito, mas também bate muito. Eis que surge Foggy Nelson, bem humorado e interesseiro, com um bom senso de justiça mas sem muito carisma. Isso, pessoalmente, é muito pelo ator Elden Henson, que não mostra muito domínio de tela neste episodio, espero que melhore nos próximos. Já a química entre este e Charlie Cox (Demolidor) é boa na medida do possível, pois, como já era de se esperar, Matt se sobressai em sua Season Premiere. 

Logo vemos também Karen Page (Deborah Ann Woll) e é esta que da o pontapé inicial a trama, que a principio mostra-se bem ampla e consegue se inserir bem no universo heroico no qual insere-se. Aparentemente a invasão à Nova York (vista em Os Vingadores) foi muito lucrativa às famílias criminosas que lucram com construção civil e desvio de verba. Além de fomentar uma continuação para futuros conflitos, ainda temos um caso fechado para este episodio, provar a inocência de Karen frente ao assassinato de um colega de trabalho. Isto serve de gancho tanto para inserir Matt e Foggy na lista do Rei do Crime (que ainda não deu as caras) quanto para juntar a santíssima trindade ao fim do dia, quando também é resolvido o mistério no crime de Karen.

Em suma temos um Episódio muito bem feito, que introduz-se bem ao "MCU" e consegue dar estofo para a historia que quer contar. Os personagens até agora mostrados são muito bons, tem bastante a serem desenvolvidos ainda, junto com os que virão a seguir. Quanto as lutas temos um ótimo estilo de filmagem, que altera entre cortes rápidos, mas sem deixar a luta confusa, e câmeras lentas, usadas para enfatizar os super-sentidos de Matt e também a violência gráfica vista ao longo dos 50 min. A sequencia final é visceral e fecha muito bem este primeiro Episódio. 



S01E02- CUTMAN






  • Roterista: Drew Goddard
  • Diretor:Phill Abraham
  • Produtor: Drew Goddard

  • Matt Murdock ensanguentado, acabado e jogado no lixo, assim começamos o segundo episódio de "Demolidor". Neste episódio temos a introdução de uma nova personagem; Claire é interpretada por Rosario Dawson e nós é apresentada quando acha o protagonista na situação anteriormente descrita, situação da qual ela o tira, levando-o pra casa e cuidando de seus ferimentos. De começo ambos tem ressalvas em revelar muito de suas vidas um ao outro, mas quando a situação se torna hostil, ela é Matt são obrigados a trabalhar juntos durante o resto do Ep. Isso tudo se deu em decorrência do gancho deixado ao final do ultimo capitulo, quando vemos um garoto sendo sequestrado por Russos, responsáveis pelo tráfico humano na Cozinha do Inferno.

    Em alternância é mostrado mais da infância do Homem Sem Medo, sua relação com o pai, a vida dura que ambos levavam e como o Murdock mais velho lidou com a cegueira do filho. Nesta parte temos algumas frases de efeito ala "Batman Begins", mas adaptadas para uma família mais pobre. É em um desses Flashbacks que vemos a morte do Pai de Matt logo após sua mais memorável luta, a qual não vemos, seja a luta ou a morte.Sinceramente me agradou a decisão de não mostrar a morte, de certa forma da a mesma perspectiva que a do protagonista por um momento. 

    Também houve um desenvolvimento na relação entre Foggy e Karen, que entre piadinhas e caretas mostram até que uma boa relação em tela. Talvez seja acomodação sensorial mas acho que estou me acostumando a esse Sr Nelson. Acho. 

    Por fim temos uma luta filmada em Plano Sequencia (talvez uma simulação do mesmo, acho que rolou uns cortes ali, mas não entendo muito dessas coisas pra afirmar nada),. A luta é bem feita, o ambiente fechado lembra bastante a sequencia do Martelo em Old Boy; algumas partes da briga nos são ocultas por portas e salas, o que da uma dimensão maior a coisa e também ajuda a causar certo mistério quanto ao que acontece na mesma.

    Dessa forma temos um Ep que se nivela ao primeiro, com um pouco menos de ação e envolvido com uma trama menor, mas que no geral ajuda a desenvolver a futura relação do Demolidor com o Rei do Crime.

    Enfim, é isso, é bom que tenham gostado e esperem para as próximas partes, não deven demorar para sair. 


    Acompanhe Nossas Redes Sociais: Twitter, Facebook, Instagram, Orkut (NOT), Filmow. Ah, e deixe seu comentário!