Efeito Mozart - Alice in Chains: Jar of Flies

Voltando com o quadro Efeito Mozart! (Ultima edição: Alice in Chains - Jar of Flies)

Efeito Mozart é um fenomeno que existem em certas musicas que, quando escutadas, aumentam a capacidade do cérebro de pensar. Entendeu a ligação com Banco de Cerebros? Menino esperto!...

Enfim, bora lá pra edição de hoje, que é...

Alice in Chains: Jar of Flies


Considero uma covardia escrever novamente sobre Alice in Chains aqui no Efeito Mozart, pois alem de estar repetindo uma banda, essa é minha banda favorita, hehe. Mas acredito que nesse caso seja justificavel: Nesta edição falarei sobre o EP Jar of Flies, que completou 21 anos. É o segundo EP da banda, lançado em 25 de janeiro 1994, logo após o considerado maior album da banda, Dirt.

O que JOF tem de tão sensacional a ponto de eu fazer uma edição do EM só pare ele, é o estilo diferenciado dos alguns antecessores da banda. Gravado no estudio London Bridge em Seattle em apenas 7 dias, o EP trás um som bastante orquestrado. Com musicas mais "leves" o AIC mostra nesse EP que está longe de ser apenas uma banda que, na época, era taxada de mais uma Banda Grunge.

A História da Arte da Capa

Você talvez estejam se perguntando por que a capa do EP é assim e da onde surgiu o nome Jar in Flies, correto?

Layne Staley (1967-2002), até então vocalista na época, disse que a ideia do nome e da capa do EP vieram de um experimento científico que o guitarrista Jerry Cantrell produziu quando estava na terceira série:
"Eles o deram dois jarros cheios de moscas. Um dos jarros eles superalimentaram, e o outro jarro eles subalimentaram. Aquele que eles superalimentaram floresceu por um tempo, então todas as moscas morreram pela superpopulação. Aquele que eles subalimentaram teve a maior parte de suas moscas sobrevivendo o ano todo. Eu acho que há uma mensagem nisso em algum lugar. Evidentemente esse experimento teve um grande impacto no Jerry."
Tanto que a principio muitos podem achar ser uma mulher na capa do EP (ou talvez só o lerdo aqui tenha achado no inicio), mas na verdade é uma criança.


Quando ouvi esse EP tive a confirmação de que essa era realmente a banda que eu ouviria todos os dias e acompanharia o caminho que ainda resta para ela. Musicas como I Stay Away (minha favorita desse EP) e No Excuses praticamente são uma mensagem para quem só esperava guitarras rangendo e Staley gritando a plenos pulmões. Caso você nunca tenha ouvido nada da banda e nunca curti algo pesado, esse EP pode ser uma boa pedida. Um ritmo um pouco diferenciado, mas ainda sim Alice in Chains.



Acompanhe Nossas Redes Sociais: Twitter, Facebook, Instagram, Orkut (NOT), Filmow. Ah, e deixe seu comentário!