VOCÊ NO BDC: Faculdade - POR David Zorzin

Segunda edição do "Você no BDC" (primeira aqui), coluna onde você poderá enviar um artigo para ser publicado aqui no Banco de Cérebros! "Mas como posso enviar meu artigo, Rafa?". (Leia com uma voz robusta, por favor...) É MUITO SIMPLES: Basta você enviar para o nosso email (bancodecerebros@gmail.com), com seu nome, idade, opção sexual...opa, isso não! Mas vocês entenderam, né?

O Artigo de hoje foi enviado por David Zorzin, membro do Podcast BDC. No artigo ela fala sobre o inicio da faculdade: Mudanças, prós e contras, enfim, tudo o que nós jovens marinheiros de primeira viagem devemos saber.


Faculdade

Fim do ano chegando e tem uma galera que está prestes a prestar vestibular, já passei por isso, a primeira parte do processo é conseguir entrar, se você é um desses alunos que nunca se importou muito com a escola e agora esta desesperado fique tranquilo, faculdade particular existe pra isso meu caro.

Mas logo deixo uma dica, escolha direito seu curso, uma faculdade barata hoje não sai por menos de quase R$ 30.000 e isso é muita grana, você não irá se dar ao luxo de chegar no último ano de direito para descobrir que sua vocação é veterinária certo? Existem milhares de testes vocacionais, faça alguns e converse com sua família, essa decisão é muito importante.

Lembro-me dos meus primeiros dias de faculdade, eu tinha uma visão totalmente diferente do que realmente é, talvez influenciado por American Pie e tantos outros filmes clichês americanos, a faculdade não é essa putaria que você tem em mente, mas sim, ela é completamente diferente das escolas de ensino médio.

Sabe o que você viu em American Pie? Tudo mentira!

As chances de você fazer amigos agora são grandes, diferente das escolas, na faculdade todas as pessoas tem ao menos um interesse em comum. Outra coisa legal, se agora eu tento começar uma conversa sobre uma matéria de alguma aula, eu não sou taxado de nerd ou CDF, é comum falar sobre o conteúdo apresentado pelo professor, afinal, todos estão ali para aprender.

Os idiotas que eram empurrados ano a ano, mesmo com notas precárias não estarão mais na sua vida, sempre haverá alguns engraçadinhos, mas o nível de babaquice é bem menor, fique tranquilo.
Não tem espaço pra erro aqui jovens, professores não são nada amigáveis na hora de dar nota, muita gente reprova por 0.1, aqui a regra é simples, atingiu a média passou, não atingiu fica de exame. E uma das coisas que mais me incomodou, as faltas são limitadas, uma falta a mais e você vai direto pra DP, então fique ligado.

Muitas coisas irão te seduzir, tem vários bares nas frentes de todas as faculdades, restaurantes, e aqui, diferente da maioria das escolas, você não precisa pedir ao professor para sair da sala, responsabilidade das faltas é completamente sua.

Mas e o sexo, as drogas e o rock? Cara, faculdade é uma escola e diferente do padrão americano a maioria das universidades não oferece um campus para você se alojar e tocar o terror, o número de putas aumenta muito, e a maioria sempre fica bêbada na sexta-feira, aproveite.

Rafaelzinho se formando. Que Orgulho!
Algo que eu tive que me adaptar foi com a semana de provas, durante o ensino média as provas eram distribuídas ao longo do mês, na faculdade são separadas as duas semanas finais do bimestre só para avaliações.

O que realmente me deixa puto são as benditas horas complementares, se não bastasse estudar e tirar boas notas as faculdades exigem que você cumpra outras atividades fora da sala para acumular conhecimento, e sem essas horas você não pega diploma, o foda é que são 200 horas exigidas, pelo menos no meu curso, então tenho que correr atrás de palestras, oficinas, viagens didáticas e coisas do tipo, é um saco.

Os professores? Diferente do ensino médio aqui eles são bem pagos, tem ânimo pra dar aula e costumam serem dinâmicos, interativos, engraçados e gente boa no geral, sempre vai ter um velho filho da puta pra te fuder, mas da pra encarar, relaxa.

Faculdade no geral é muitas vezes mais legal que escola, suas amizades daqui tem mais chances de te acompanharem pra vida toda, as pessoas da sua sala serão mais parecidas com você, as aulas são bem mais legais, você não é um escravo que precisa levantar a mão pra ir ao banheiro e algumas atividades complementares são muito interessantes.

Pra completar só falo pra vocês aproveitarem, absorva ao máximo as aulas, tudo que você precisa aprender pra ser um profissional competente você vai aprender aqui, mas não vire um maníaco por livros, aproveite o que esses anos te oferecem fora da sala também, se você estiver pagando pelo curso exija sempre um ensino de qualidade e tenha sucesso nessa nova fase da sua vida.