Mortal Kombat (franquia mega-fodástica) e seus protótipos

É... Realidade... Por isso existe o Habbo

War Gods - Um Game Cheio de Bugs!

O uso de 3D nos games já estava sendo inovado com a chegada do PlayStation 1. A Midway Games, antiga desenvolvedora dos games de MK, não ficou parada, e começou a fazer jogos em 3D também. 
"Carne e osso era coisa do passado", agora Mortal Kombat era todo feito em 3D. Então, para "anteceder" o game Mortal Kombat 4, foi criado um game chamado War Gods

Há muitos anos, uma nave espacial alienígena de um planeta distante, carregada com uma carga preciosa de pedras místicas, passa pela Terra; uma falha interna acontece e a nave explode fazendo as pedras caírem em diferentes partes do mundo. Dez pessoas, de povos e culturas diferentes, se apossa de cada uma dessas pedras; sem se aperceberem, as pedras acabam tornando essas pessoas em seres poderosos, semelhantes a deuses mitológicos. Para quererem o controle sobre as pedras e o planeta, essas pessoas se enfrentam numa guerra sangrenta — uma Guerra dos Deuses (Só confirmando que essa sinopse foi tirada da Wikipédia, que foi tirada de algum outro site..).
É, não é uma história e tanto, mas regular. 
Os lutadores...Tem uma estatua que ganha vida após esconderem a pedra atrás dele. Outro é um soldado americano que vai a uma usina nuclear, e explode, jogando pedaços da pedra nele, e ele torna-se um tipo de super soldado. Já outro se chama CY-5, que seria um cyborg que dentro dele teria uma das pedras que os cientistas criaram. Ele acaba dando errado e matar todos os cientistas. Enfim, um monte de personagens bizarros. Mas não tem nenhum mais bizarro do que o sub-chefe do game: Grox. Um monstro verde gigante que protege o chefão do jogo, Exor (Que está na capa do game).
Todos os personagens tinha apenas 1 fatality (Sim, nesse game existem Fatalities!). E são muito bizarros esses fatalities. Como por exemplo o de CY-5, em que ele chama uma nave espacial, que aniquila o adversário, e depois, cy-5 se teletransporta para a nave, que vai embora.
Pior ainda era a voz que falava o Fatality(!).
Enfim, War Gods foi muito mal recebido por suas falhas e bugs. 
Veja um vídeo com todos os fatalitys do game:

Tao Feng: Fist of the Lotus - Pré MK Deadly Alliance

Tudo começou quando John Tobias (Junto com Ed Boon, os criadores do MK) deixou a Midway na época da produção de um game do Mortal Kombat. Esse game era Mortal Kombat: Special Forces, um jogo de plataforma, onde o protagonista era Jax, e ele devia capturar a gangue Black Dragon, comandado por Kano. No jogo também teria Sonya como jogável, mas ela foi retirada. Do mesmo jeito, Special Force foi amplamente considerado o pior game do Mortal Kombat. Mas enfim, enquanto isso, Tobias estava desenvolvendo um novo game: Tao Feng: Fist of the Lotus.

Metro China, o maior centro populacional em Nova China, um país fictício que ocupa a costa do Pacífico da América do Norte; é uma nação soberana. 
Anos de conflito entre duas antigas seitas chinesas: o Pale Lotus e o Black Mantis. Até que um dia, é descoberto tesouros em um templo antigo do Pale Lotus. Segundo a lenda, esses tesouros podem ser usados ​​para negociar com os deuses da imortalidade. Ambas as seitas esperança de recuperar os tesouros perdidos e alcançar a imortalidade.
O jogo é um exclusivo do X-Box :(
Os personagens são bem interessantes, e um pouco bizarros. Temos os lideres das seitas: Mestre Sage da Pale Lotus, e Wulong Goth da Black Mantis. Um é um velhote que luta pra caramba, e o outro parece um besouro humano. Temos também um tipo de Jet Li, na verdade se parece com ele. Iron Monk; Um lutador obscuro, sinistro, parece mais um vilão, mas é do bem. Enfim, os personagens são interessantes e legais, e bizarros. 
"Pré MK Deadly Alliance"? Tao Feng tem um sistema de luta legal, como a cada golpe o personagem sofre um dano, e aparecem os arranhões, e coisa e tal. Os cenários também são interativos e podem ser destruídos e você pode usa-los como poderes especiais. O que aparece nesse game, apareceria desde então nos games de Mortal Kombat, começando com Deadly Alliance, que também 

Outro fato interessante é que ele não tem Time, ou seja, as lutas podem demorar o quanto quiser! Mas é claro que a barra de energia não deixa. Verde significa que ainda está bem, Amarelo significa que já está fraco, e Vermelho significa que já deve perder mesmo..
Mais um fato curioso é que quando quando (por exemplo, o verde) acaba, o personagem cai, e depois levanta de uma maneira que parece já estar fraco.
Tobias o chamou como um dos mais brutais e realísticos jogos de luta já inventados. 
Os lutadores também tem uma Barra de CHI, que é o poder especial dele. 
Tao Feng: Fist of the Lotus rendeu boas críticas. Críticos observaram os bons gráficos e designes do game. 
No vídeo abaixo, os lutadores Iron Monk vs Jeti Li Divine Fist, ambos da Pale Lotus

Foi isso, espero que tenham gostado do post, e se quiserem, comenta ai!

Alguém